Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica será obrigatória em janeiro de 2018

Decreto estadual estabelece que todas as empresas do comércio varejista passem a utilizar o sistema

Por Portal de Notícias 05/12/2017 - 16:19 hs
Foto: Divulgação
Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica será obrigatória em janeiro de 2018
Nota fiscal eletrônica será obrigatória para todas as empresas do comércio varejista em janeiro

A emissão da Nota fiscal Eletrônica ao Consumidor (NFC-e) já é obrigatória em diversos estados brasileiros. No Rio Grande do Sul, o decreto 51.245, que entrou em vigor em 2014, estabelece o calendário de implantação da NFC-e e determina que a partir de 1º de janeiro de 2018 todas as empresas do comércio varejista passem a utilizar o sistema.

A emissão da NFC-e apresenta inúmeras vantagens tanto para o empreendedor quanto para a sociedade e governo. Por isso, essa modalidade de nota fiscal está cada vez mais popular no Brasil e se torna obrigatória em 2018.

A NFC-e substitui as notas fiscais de venda ao consumidor, tais como a Nota Fiscal Modelo 2 e o Cupom Fiscal emitido por ECF. Além de promover mais segurança e transparência às transações, uma das principais características do novo formato é a dispensa do uso da impressora fiscal, que proporciona mais economia para sua empresa, entre outras vantagens. A NFC-e aperfeiçoa as rotinas de compra e venda, reduzindo custos e simplificando o processo para empreendedores.

Sistemas de automação

Existem no mercado alguns sistemas de automação comercial que possibilitam a emissão da NFC-e. Um deles é o Master Key, que permite o cadastramento de clientes, produtos e fornecedores; permite também a emissão também da NF-e, NFS-e, boletos, além de outras funcionalidades. O sistema pode ser adquirido a partir de R$ 300,00, com uma mensalidade de R$ 80,00. Na região Carbonífera, o sistema e mais informações podem ser obtidas pelo telefone e Whatsapp (51) 99361.6111 ou no site www.officesystem.com.br