Vereadores buscam sugestões para atualizar o Plano Diretor

Documento elaborado há mais de dez anos precisa de readequações

Por Portal de Notícias 11/08/2017 - 16:15 hs
Foto: Renato Miller Silva
Vereadores buscam sugestões para atualizar o Plano Diretor
Vereadores fizeram a audiência para propor mudanças e atualização no Plano Diretor.

Renato Miller Silva

A Câmara de Vereadores de São Jerônimo realizou uma audiência pública, na noite de quinta-feira, 3, atendendo sugestão dos vereadores Rodrigo Marcolim (PSDB), Filipe da Agricultura (PDT), Filipe Almeida (Pico, PT) e Jair Ribeiro (SD), para iniciar o debate sobre ações para atualizar o Plano Diretor da cidade de São Jerônimo, que já tem mais de dez anos.

Participaram integrantes do poder Executivo, como o assessor jurídico João Antônio Dias Avila, a coordenadora de projetos, Simone Lima, a secretária de Educação, Maria Nazaré, o arquiteto urbanista Gilberto Pradella, que atualmente exerce de assessoria na Prefeitura e trabalhou na elaboração do atual Plano, o comandante do Corpo de Bombeiros, sargento Eduardo, Heraldo Vasco, representante da sociedade civil organizada, integrantes da Associação de Moradores do Bairro Colina dos Scherer, do Conselho Municipal de Trânsito, empresários e membros da comunidade.

Os vereadores foram unânimes em afirmar que a atualização do Plano Diretor é competência do Executivo, porém, como faz mais de dez anos que foi elaborado, é urgente a necessidade de se ouvir sugestões da comunidade e das entidades classistas para uma readequação, tendo em vista o desenvolvimento da cidade. Além disso, o próprio Plano Diretor prevê a atualização a cada década.

Segundo Gilberto Pradella, um dos autores do atual Plano Diretor, elaborado em 2006, é necessário discutir com a comunidade as mudanças em todas as áreas, como mobilidade urbana e plano urbanístico.

- É a comunidade que se beneficia quando um Plano Diretor funciona. Estive na origem deste Plano e estamos vendo que, com o decorrer dos anos, ele já se mostra defasado em determinadas áreas. É preciso uma reformulação. Planejamento é isto e vou ser um parceiro – disse Pradella.

O vereador Rodrigo Marcolin (PSDB), um dos proponentes da audiência pública, falou que o Plano Diretor é feito para a comunidade.

- Queremos uma harmonização entre os interesses de todos. Por isso iniciamos este debate e vamos ouvir os moradores, as entidades classistas. Todos. É uma pirâmide. Assim, podemos construir um Plano Diretor mais adequado - falou Marcolin.

Para outro vereador proponente da atualização, Felipe da Agricultura (PDT), é necessário o debate com as associações.

- A nossa cidade está crescendo e nossos anseios são outros. Temos, sim, que reorganizar e alinhar o Plano Diretor. Em um curto espaço de tempo vamos ter sugestões da comunidade, vamos fazer a divulgação da importância deste Plano e buscar ideais e anseios das associações e sindicatos - disse Felipe.

Nos próximos três meses, os vereadores pretendem ouvir as associações de bairros, as entidades, bem como os empresários. As sugestões serão catalogadas para montar propostas a serem enviadas ao Poder Executivo.