Vereadores e usuários pedem ao MP providências contra aumento abusivo

Um dossiê foi entre na Promotoria de Justiça de São Jerônimo

Por Portal de Notícias 19/05/2017 - 16:11 hs
Foto: Portal de Notícias
Vereadores e usuários pedem ao MP providências contra aumento abusivo
Usuários e vereadores foram ao Ministério Público

Na tarde de quarta-feira, 17, dando continuidade a uma audiência pública realizada no dia 26 de abril, na Câmara de Vereadores de São Jerônimo, foi entregue na Promotoria de Justiça um dossiê pedindo providências contra o aumento de 60% das passagens, autorizado pela Agergs. A tarifa passou de  R$ 1,60 para R$ 2,55.

A entrega do documento foi feita pela presidente do Legislativo, Elisa Mara Rocke (PTB), pelos vereadores Filipe Almeida (PT), Felipe Ramos (PDT), Valmir Nunes (PP), Gilnei Ventura (SD), e pelas representantes dos usuários do bote que faz a travessia São Jerônimo– Triunfo, Marcia Barcelos e Neusa Souza.

A presidente Elisa Mara, que foi recebida pelo promotor Léo Mario Heidrich Leal, considerou o aumento abusivo. Com o apoio dos demais vereadores, funcionários da Casa Legislativa e usuários, foi possível elaborar o dossiê e pedir providências ao Ministério Público.

Para Márcia Barcelos, o movimento se legitima pela falta de respeito com os usuários do bote.

- Este aumento as empresas fizeram por conta delas e é abusivo, ultrapassando até mesmo a lei que determinava 50% e eles aumentaram 60%. As condições dos botes são horríveis, o atendimento é precário. Não existe acesso para deficientes físicos e idosos. Estamos reivindicando os nossos direitos – destaca Marcia.

Para a professora Neusa Souza, ir ao Ministério Público foi a forma encontrada para questionar o aumento das passagens.

- Já que as empresas não foram na audiência e os órgãos fiscalizadores também não, estamos no MP para questionar este aumento das passagens, as questões de segurança e acessibilidade e, também, a fiscalização. Não queremos que aconteça uma tragédia para depois os órgãos tomarem uma providência – disse Neusa.

 

 

Matérias reacionadas:

Representante da Agergs não comparece para dar explicações sobre aumento de tarifas

Audiência vai debater aumento de 59,3% na tarifa do bote Triunfo - São Jerônimo